DA INGENUIDADE ÀS FRONTEIRAS DAS IRRESPONSABILIDADES