TEXTO IMPECÁVEL DE AUGUSTO NUNES