O TREM BALA DA IGNORÂNCIA

O TREM BALA DA IGNORÂNCIA

Amigos e Amigas de Floripa

UMA MALDADE CONTRA O POVO BRASILEIRO

Em 2012 você estão lembrados só se falava no Trem Bala. Ligaria Campinas ao Rio de Janeiro em 2 horas com qualidade de deixar japonês envergonhado. Montaram uma Empresa para isso, chamava-se pomposamente de Empresa de Transporte Ferroviário de Alta Velocidade S.A. (ETAV).

O Trem Bala foi pro espaço mas a empresa criada para a sua implantação, não.  Max Weber o sociólogo alemão dizia que bastaria dar um organograma com um retângulo que o burocrata público saberia como ampliá-lo e transformá-lo, se não houvesse limites, na maior organização estatal e sempre com boas justificativas.

Foi o que ocorreu com a ETAV. Como não deu certo com trem resolveram ampliar as suas atividades e passar a ser uma “Empresa de Planejamento e Logística S.A. (EPL)”. Agora seu papel é planejar e estruturar projetos interligando rodovias, ferrovias, portos, aeroportos e hidrovias. Vale ressaltar que para cada segmento citado há empresas públicas para atuar na sua gestão além de Agências Reguladoras.

Criaram um “ZUMBI” que não tem nada de imaterial. É tão fantástica a sua sobrevivência que esta atrelada à Presidência da Republica e acredite, vai morder este ano de 2017 nada menos do que R$99.116.451.

Como o Ministro Henrique “Soneca” Meirelles vive ameaçando aumentar impostos, vamos ajudá-lo a transpor o outro lado da montanha orçamentária – cortar despesas. Poderia começar por essa iniquidade.

Vale lembrar que o déficit orçamentário de 2017 previsto para 139 bilhões deverá ser alterado, cuja origem esta nas centenas de empresas iguais a EPL que geram toda esta incúria administrativa. Em cada uma delas, há vários apadrinhados políticos.

Picaretas do povo brasileiro!!!


Dilvo Tirloni

Sou Administrador concluí meus estudos de ensino fundamental na cidade de Nova Trento. Os estudos de ensino Médio foram concluídos na cidade de Brusque, no Colégio São Luiz e Consul Carlos Renaux. Sou bacharel em  História pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Simultaneamente, cursei Administração na Escola Superior de Administração e Gerência (ESAG). Nesta escola fui contemplado com medalha pelos méritos acadêmicos vindo, então, a ser convidado para cursar o Pós Graduação, nível de mestrado, na Fundação Getulio Vargas, em São Paulo. Concluído o curso de pós-graduação ingressei como professor titular na UDESC/ESAG atuando na área de Administração Financeira e Mercado de Capitais.

Profissional

Professor primário, secundário e universitário. Técnico em Desenvolvimento Econômico do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), especialista em projetos de financiamentos e investimentos, executivo fundador do antigo CEAG/SC, hoje, SEBRAE, Consultor de atividades  empresariais. Presidente da Associação Comercial e Industrial de Florianópolis – ACIF entre 13/05/2005 a 13/05/2009 (4 anos com reeleição) e presidente do Conselheiro do Conselho Superior 2009/2011. Conselheiro do Sapiens Park, Conselheiro do Conselho Municipal do Meio Ambiente, Conselheiro do Conselho Municipal do Saneamento Básico.

Pensamento Político

A história nos ensinou que o melhor caminho para as sociedades é o Liberalismo (Locke) representado por um  conjunto de princípios  baseados na defesa da propriedade privada, liberdade econômica (mercado livre),  liberdade política (vários partidos), liberdade religiosa, mínima participação do Estado na economia mas forte na aplicação da lei, igualdade dos cidadãos perante a lei, livre manifestação do pensamento e expressão.

Publicações

Inúmeros artigos publicados nos jornais de Florianópolis. Coordenou e escreveu os seguintes livros: Prefeitura Municipal de Florianópolis 2004; Novo Modelo Institucional Água e Saneamento, 2006, SC2010, projeto sobre Governo Estadual, 2007; Reforma Tributária Nacional 2008; PMF2012 Reforma Administrativa da Prefeitura Municipal de Florianópolis. Bacias Hidrográficas de Florianópolis, 2008.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *