ARTE DO CONVENCIMENTO LIBERALISMO X SOCIALISMO

ARTE DO CONVENCIMENTO LIBERALISMO X SOCIALISMO

Amigos e amigas de Floripa

Há no seio da sociedade razoável grau de desconhecimento à cerca das doutrinas políticas que embasam os destinos dos países. É comum se ouvir falar em esquerda, direita e centro cujos conceitos são inapropriados. O que seria esquerda? E direita? Pior ainda, centro? Ou então extrema esquerda? Extrema direita?

Por enquanto os estudiosos da sociologia não criaram teorias que expliquem estes conceitos, servem mais para orientar o trânsito do que para pontificar comportamentos políticos.

Quando John Locke, filósofo inglês construiu os pilares do liberalismo afirmou categoricamente – o homem nasce com 3 direitos fundamentais: direito à vida, à liberdade e à propriedade.

Direito à vida, engloba conceitos como educação, saúde, segurança; direito à liberdade esta associada com os direitos de transitar livremente, ir e vir, agrupam a livre manifestação do pensamento, de expressão; e finalmente direito à propriedade, que é algo gravado indelevelmente,  no comportamento humano, todo o individuo tem direito a construir o seu patrimônio, que vai de imóveis a bens móveis.

Locke foi admirável ao registrar (1632/1704) que pairando sobre estes direitos existe o reconhecimento da necessidade do Governo (contrato social) para justamente garantir estes direitos.

E sobre o socialismo? Bem o socialismo rejeita estes valores, a Revolução Russa, no seu primeiro ato declarou que não existiam mais propriedades privadas na Rússia, prenderam e guilhotinaram o Czar e sua família, os direitos individuais e coletivos, foram suprimidos e se implantou um feroz ditadura, governada com “mão de ferro” pelos governantes até 1989.

Para melhor entendimento vamos criar figuras de linguagem. Vamos imaginar dois rios largos e caudalosos cheios de espuma – o primeiro se chama liberalismo o segundo socialismo. As espumas são as diferentes correntes que “boiam” nos rios. Por

Mao Tsé-Tung  líder comunista e revolucionário chinês. Liderou a Revolução Chinesa  fundador da República Popular da China, governando o país desde a sua criação em 1949 até sua morte em 1976. So sua responsabilidade
Mao Tsé-Tung líder comunista e revolucionário chinês. Liderou a Revolução Chinesa fundador da República Popular da China, governando o país desde a sua criação em 1949 até sua morte em 1976. Sob sua responsabilidade morreram mais de 70 milhões de chineses.

exemplo –o que é o Stalinismo? O conjunto de ações promovidas por Stalin dentro do socialismo; e o maoismo? são as ações promovidas por Mao Tsé-Tung dentro do socialismo; e o castrismo? as ações empregadas por Fidel Castro em Cuba. E assim podemos citar tantos outros como o recente bolivarianismo, que Hugo Chaves dizia ser o socialismo do século XXI.  Vejam que o rio, abaixo da espuma continua o mesmo, apenas a forma de agir dos governos é que podem diferir.

No liberalismo é a mesma coisa. Margaret Thatcher quando resolveu privatizar a Inglaterra na década de 1980 (1979/1990), imediatamente cunharam a expressão “novo liberalismo” que não quer dizer absolutamente, nada. Os postulados do liberalismo continuam os mesmos desde o século XVII.

Cabe destacar que o pior dos mundos é quando um partido ou governante ignorante resolve se proclamar “hermafrodita político” deseja conviver com as duas doutrinas. No Brasil a prática esta bem disseminada. Não pode dar certo.


Na China, Cuba, Coreia do Norte, Vietname, Laos, Venezuela,  predominam os Partidos Comunistas nos demais, todos os  desenvolvidos, partidos que tem no liberalismo a sua fonte de inspiração.

 


Dilvo Tirloni

Sou Administrador concluí meus estudos de ensino fundamental na cidade de Nova Trento. Os estudos de ensino Médio foram concluídos na cidade de Brusque, no Colégio São Luiz e Consul Carlos Renaux. Sou bacharel em  História pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Simultaneamente, cursei Administração na Escola Superior de Administração e Gerência (ESAG). Nesta escola fui contemplado com medalha pelos méritos acadêmicos vindo, então, a ser convidado para cursar o Pós Graduação, nível de mestrado, na Fundação Getulio Vargas, em São Paulo. Concluído o curso de pós-graduação ingressei como professor titular na UDESC/ESAG atuando na área de Administração Financeira e Mercado de Capitais.

Profissional

Professor primário, secundário e universitário. Técnico em Desenvolvimento Econômico do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), especialista em projetos de financiamentos e investimentos, executivo fundador do antigo CEAG/SC, hoje, SEBRAE, Consultor de atividades  empresariais. Presidente da Associação Comercial e Industrial de Florianópolis – ACIF entre 13/05/2005 a 13/05/2009 (4 anos com reeleição) e presidente do Conselheiro do Conselho Superior 2009/2011. Conselheiro do Sapiens Park, Conselheiro do Conselho Municipal do Meio Ambiente, Conselheiro do Conselho Municipal do Saneamento Básico.

Pensamento Político

A história nos ensinou que o melhor caminho para as sociedades é o Liberalismo (Locke) representado por um  conjunto de princípios  baseados na defesa da propriedade privada, liberdade econômica (mercado livre),  liberdade política (vários partidos), liberdade religiosa, mínima participação do Estado na economia mas forte na aplicação da lei, igualdade dos cidadãos perante a lei, livre manifestação do pensamento e expressão.

Publicações

Inúmeros artigos publicados nos jornais de Florianópolis. Coordenou e escreveu os seguintes livros: Prefeitura Municipal de Florianópolis 2004; Novo Modelo Institucional Água e Saneamento, 2006, SC2010, projeto sobre Governo Estadual, 2007; Reforma Tributária Nacional 2008; PMF2012 Reforma Administrativa da Prefeitura Municipal de Florianópolis. Bacias Hidrográficas de Florianópolis, 2008.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *