A FALÁCIA DO ESTADO EMPRESÁRIO