UFANISMO DA CASAN NÃO RESISTE À REALIDADE