MOBILIDADE URBANA EQUÍVOCOS “ESTRANGEIROS”