GESTÃO PÚBLICA E A QUEBRADEIRA DOS ESTADOS