Mês: dezembro 2017

PRIMEIRO ANO DO GOVERNO GEAN


Amigos e amigas de Floripa Muitos me perguntam o que acho do Governo Gean. Minhas respostas via de regra não se resumem ao “ruim, bom, excelente”. Uma Administração é feita de várias ações em diferentes segmentos de tal sorte que, um e melhor atendido que outro. É o que chamo de “feijão com arroz” e

BOLSONARO E A ECONOMIA


Amigos e Amigas de Floripa Os socialistas de plantão e seguidores, especialmente, os que se dizem de vanguarda o “ônibus queer” entre outros, querem impor uma imagem de “atrasado, conservador, radical, político obsoleto” (ninguém sabe ao certo o que isto significa) e, sobretudo, que nada entende de economia. Querem passar a ideia de que é

“NÃO FALTAM LEIS, FALTAM GUILHOTINAS”


Amigos e amigas de Floripa Durante a Revolução Francesa (1789-1799) a sociedade local  estava estratificada em 3 Estados (níveis) – o Clero 0,5% da população, a nobreza com 1,5% e a população, 98%. Cabia a esta pagar o luxo e a riqueza dos dois estratos mais ricos da França. Os ricos não pagavam impostos tudo

PLANO DIRETOR DA CIDADE – CONCEITOS


Amigos e amigas de Floripa Quando se edifica uma tese de mestrado (ou de doutorado) os orientadores exigem do mestrando que utilize os conceitos corretos para que todos tenham entendimento do que ele esta a dizer. Não deveria ser diferente na formulação das leis, especialmente, a que se refere ao Plano Diretor a principal legislação

MONITORAMENTO DA CIDADE


Amigos e amigas de Floripa Foi publicado em, 30/11/2017,  extenso relatório sobre alguns indicadores da cidade, com foco na Dimensão urbana (ordenamento do solo, ambiente de negócios, educação, saúde, segurança, capital humano); Dimensão ambiental (água, esgotamento, lixo, ruído, qualidade do ar) e Dimensão fiscal (gestão pública, transparência, gasto público).  Foram atribuídas cores para os indicadores,

REFORMA TRIBUTÁRIA – GOVERNOS PERDULÁRIOS


Amigos e amigas de Floripa Um dos principais problemas do Brasil é a forma de arrecadar impostos e a sua nefasta distribuição. Como numa casa de família, se não entrar dinheiro no final do mês não há como pagar as contas. Mesmo que entre o salário do pai, se a família gasta mais do que

LEONARDO BOFF CADA VEZ MAIS VELHO (TAMBÉM) NAS IDEIAS


Amigos e Amigas de Floripa Em entrevista ao DC (10/12/2017) Leonardo Boff (78) o padre catarinense que foi condenado ao silêncio pela Igreja Católica, continua sua sina de criticar o “sistema” pelo lado equivocado. Desceu a ripa no “neoliberalismo” e acha que o PT, tem jeito. Não resistindo ao sofrimento imposto pela Igreja, abandonou a

BALNEABILIDADE DE NOSSAS PRAIAS


Amigos e amigas de Floripa A FATMA vem publicando quase que semanalmente relatórios sobre a balneabilidade do litoral catarinense. Quando se refere a Floripa aponta problemas (agora que não há movimento) na região de Ponta das Canas, Cachoeira do Bom Jesus e Canasvieiras, no norte. Surpreendentemente, Ingleses não aparece com nenhum ponto “vermelho”. A população

COLAPSO IMINENTE DOS TRANSPORTES


Amigos e amigas de Floripa Tempos atrás sob intenso bombardeio da mídia foi lançado o PLAMUS – Plano de Mobilidade Urbana Sustentável um projeto com a assinatura da SUDERF – Superintendência Desenvolvimento da Região Metropolitana (RM) cujo executivo é o Engenheiro Cássio Taniguchi, ex prefeito de Curitiba e um discípulo de Jaime Lerner, arquiteto, também

OLHAR POLITICO –  FALSAS IMAGENS PARTIDÁRIAS


Amigos e amigas de Floripa Não gosto das análises políticas que incorporam os termos “esquerda”, direita”, “centro” extrema direita, extrema esquerda. Em tese não significam nada.  Vamos ajudar a entender Santa Catarina  e a partir daí todo o Brasil. Os termos “direita e esquerda” remontam à revolução francesa quando os membros da nobreza e clero