Mês: março 2014

ANJO CAPITALISTA X ANJO SOCIALISTA DILEMA DE CESAR SOUZA


Quando César Souza ganhou as eleições, na mesma noite o anjo socialista se aproximou do prefeito e furtivamente, propôs um governo “diferenciado”, a cidade estava um caos, os “capitalistas” imundos estavam dominando a cidade, construindo desbragadamente, era preciso dar um choque de gestão, mostrar que quem manda na cidade é “o povo unido que jamais

RETRATO DE UM BRASIL FALIDO


Felizmente o monopólio político das “esquerdas” está acabando. Ficaram 12 anos no poder, talvez fiquem mais 4, mas a biografia está irremediavelmente, manchada. Quando Lula assumiu o poder, ele e o próprio grupo que lhe dava (e dá) sustentação política (não confundir com os adesistas de última hora, PMDB&CIA) se apresentava como o “homem do

Homenagem aos 288 anos de Floripa


Cláudio Alvim Barbosa, o poeta Zininho, autor do Hino da cidade, viveu sua vida em Floripa, mas nasceu em Biguaçú. Assim como ele que escolheu a cidade para viver milhares de outro forasteiros fizeram o mesmo, eu entre eles.

PARA GANHAR MOBILIDADE


Os dois grandes jornais da cidade, DC e ND, competem com programas idênticos, oportunos, com objetivos de contribuir com projetos que mitiguem a imobilidade do trânsito da cidade. “Sou Bem Floripa”, ontem (19/3), fez debate com “especialistas” como resolver a questão do transporte em nossa capital.

SCs Resgate Histórico


Florianópolis sedia o Governo Estadual, este tem “palácio” próprio que fica na Agronômica, frente para a Av. Beira Mar. Como anfitriã do Governo a cidade se sente honrada e presta as mais sinceras homenagens institucionais.  O local é paradisíaco, a limpeza e preservação dos jardins têm padrão europeu, os serviços de água, esgoto, drenagens e

PLANO DIRETOR O QUE O IPUF NÃO DISSE 3 PARTE


Segundo a lei 10.257/2001 conhecida como Estatuto das cidades, PD é o instrumento básico da política de desenvolvimento e expansão urbana devendo os demais planos (plano plurianual, as diretrizes orçamentárias e o orçamento anual) incorporar os regramentos nele contidos.

PLANO DIRETOR O QUE O IPUF NÃO DISSE – 2º PARTE


A cidade cresce de forma exponencial. Em 1980 o município contava com 150 mil habitantes, 33 anos depois, em 450 mil. Em 2030 seremos quase 800 mil ou seja, uma nova cidade do tamanho da atual será anexada. Serão exigidas 100 mil novas residências e toda a infraestrutura de mobilidade, saneamento básico e os serviços

PLANO DIRETOR O QUE O IPUF NÃO DISSE 1º PARTE


O Plano Diretor é fundamentalmente, uma lei para regular o uso e a ocupação do solo quer dos agentes de produção, construtoras e incorporadoras, proprietários de terrenos e o próprio município. A lei cria então zonas de ocupações residências, comerciais, industriais, mistas, zonas de preservação permanente ou limitadas.

ARCANJO DO DESENVOLVIMENTO


Na mitologia cristã arcanjo é o anjo principal, hierarquicamente, é o primeiro. Na ciências sociais o arcanjo da economia é Desenvolvimento Econômico, processo de enriquecimento das pessoas que todo o governante deveria perseguir. É uma maneira de acumular riquezas, ativos privados ou públicos.