Mês: janeiro 2013

SOS BACIAS HIDROGRAFICAS


Em 2007 coordenei trabalho referente às Bacias Hidrográficas da Ilha juntamente com o Engenheiro Agrônomo, Augusto N. Pegas Filho. Os estudos contemplaram as 8 principais Bacias (Bacia Hidrográfica dos Ingleses, Bacia Hidrográfica do

DONATIVOS ELETRICOS


D. DILMA é uma mulher bondosa, pensa nos pobres, pensa no Brasil. Tem fama de durona, mas seus subordinados parecem não ouvi-la, o PAC pouco avança, obras como a transposição do Rio S. Francisco emPACam e a BR101 Sul, tá aí há mais de 10 anos e para concluí-la deve levar mais uns 10. De

PROREDE – PROGRAMA DE REDE ELETRICA SUBTERRANEA


A valorização do Centro Histórico da llha de SC 27 de janeiro de 2013 O empresário Dilvo Tirloni, ex-presidente da Acif, envia e-mail comentando as dez questões levantadas na coluna do DC e neste blog. Leia as apreciações: “Prezado Moacir Oportuna a tua coluna deste domingo no DC. Creio que as perguntas, com base nas

Legado de uma utopia populista


Os idealistas sempre existiram, acreditam nos sonhos e nas suas ideias utópicas ainda que não guardem laços com a realidade. É o caso da prática de teorias “exóticas” empregadas no gerenciamento da economia. Há 10 anos, o PT acreditava que tudo o que FHC vinha fazendo era aplicar “teorias liberais” que privilegiavam as elites em

GELÉIA GERAL NA POLÍTICA


Nos bons tempos da Faculdade de História, idos de 67 a 70, tempos também de UDN e PSD (o original) as correntes de pensamento eram claras –  de um lado os “comunistas” que exerciam grande influências nos Diretórios e os “liberais” mais receptivos ao momento político. Havia grandes debates que chegavam ao DCE, Diretório Central

COMPROMISSSO COM O POVO


Desde aos anos 50 o País conheceu os princípios da Administração Pública e Privada. Primeiro com a Fundação Getúlio Vargas (1944), depois, o ensino dedicado às ciências sociais, particularmente, administração, se espalhou pelo País. Aqui em Santa Catarina a ESAG foi pioneira, com a implantação da Faculdade, em 1964, formando sua primeira turma em 1969.

Crônicas do fim do mundo


Fernando Gabeira é um político e jornalista de primeira grandeza no Brasil. Seus artigos, para quem gosta de cronicas bem feitas, é um prazer. Leia e confirme. Um artigo de Fernando Gabeira PUBLICADO NO ESTADÃO 18/01/2012 “Feliz fim de mundo”, dizia a manchete do jornal venezuelano Tal Cual no dia de dezembro marcado para ser

SECRETÁRIO PROPÕE AÇÕES PARA HUMANIZAR CENTRO DA CAPITAL


Deu no DC que o Secretário Dalmo Vieira Filho quer revitalizar o Centro apontando sete ideias de revitalização 1. Revitalizar o Mercado Público (recomendo que dê uma olhada no de S.Paulo); 2 – abrir estacionamento em frente a  Farmácia Catarinense como recompensa por abrir 24 horas;  3 – incentivar a realização de eventos em frente a

PASSEIO PELA DESORDEM


Gosto de comentar sobre os macros problemas da cidade, como abrigar 400 mil novos habitantes e suas 100 mil novas casas, nos próximos 20 anos. O prefeito tem que ser um obstinado, além de pensar nisso, precisa pensar também como síndico da cidade, os microproblemas localizados nos 12 distritos.

AUSTERIDADE RECEITAS E DESPESAS


Este modesto blogueiro  costuma se ocupar das questões municipais informando seu ponto de vista sobre as mais diferentes questões de gestão pública. Hoje  a palavra é “austeridade fiscal”no município de Florianópolis.